IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO (MATRIZ)

Praça Getúlio Vargas, s/N.º - Siderúrgica, Sabará - MG

A Igreja Matriz de N. Sra. da Conceição de Sabará, uma das mais belas da arte barroca mineira, foi inaugurada em 1710. O interior possui um fino acabamento e pinturas de influência oriental. É um dos templos mais antigos de Minas Gerais.
Remontam a 1701 as obras da Igreja Matriz, foi inaugurada entre 1710 e 1714, quando substituiu a capela que ocupava o local. Sua composição em 3 naves a diferencia das demais matrizes barrocas mineiras. A profusão de ornamentos em seu interior chama a atenção, com destaque para os detalhes de inspiração oriental, a exemplo da porta lateral direita da capela-mor, provavelmente trazida de Macau. A obra de talha do altar-mor e dos altares laterais apresenta características da primeira fase do barroco, estilo Nacional Português. O templo religioso apresenta oito altares nas naves laterais, sendo três de cada lado e dois colaterais ao arco-cruzeiro, compostos por colunas torsas ou salomônicas, obedecendo ao estilo nacional português, característico da primeira fase do barroco em Minas. A exemplo da igrejinha de Nossa Senhora do Ó, a matriz de Sabará manifesta em sua decoração traços de influência oriental, devida talvez à colaboração de artesões oriundos das possessões portuguesas na Ásia. Complementam a ornamentação da igreja, valiosas peças de mobiliário, alfaia e imaginária, destacando-se, pelas dimensões e apuro de acabamento, as cômodas ou arcazes de madeira escura existente nas sacristias, além da imagem da padroeira que teria vindo de Portugal, por volta de 1750.