CONJUNTO PAISAGÍSTICO DO MORRO SÃO FRANCISCO

SANTOS, José. Sabará: A Cidade da Gente / Organização José Santos e Selma Maria;
Ilustrações Helena Küller - São Paulo: Olhares, 2022. 80p.

O Morro São Francisco, também conhecido como Serra de São Francisco, é uma linda área verde de 108 hectares que fica na região norte de Sabará, entre os bairros do Rosário, São Francisco, Caieira, Vila Esperança e o centro histórico.

Além da natureza exuberante da região, ficam ali também construções históricas, como o Forno de Cal, utilizado no século XVIII para produção e utilização dessa matéria-prima em construções da época. E um calçadão de pedras que era utilizado no período colonial como rota de comércio. Você acredita que o caminho ligava o sertão do estado de Minas Gerais a Salvador, na Bahia? Ele é chamado de Caminho da Bahia, ou Caminho dos Currais do Sertão, e até hoje é estudado.

Com o intuito de preservar tanto os bens quanto o entorno do Conjunto, no ano de 2006 foi proposto pelo município de Sabará o tombamento do Conjunto Paisagístico do Morro São Francisco. E em 2010 ele foi aprovado! Quem leu o nosso primeiro capítulo, já sabe que tombamento não derruba prédio nenhum, não é?

A Igreja de São Francisco de Sabará, a estrela do Conjunto, começou a ser construída no século XVIII mas só ficou pronta em 1822, substituindo a capela de Nossa Senhora Rainha dos Anjos, que ficava no local. Para sua construção, utilizou-se cal do forno que falamos. Essa igreja é muito importante para as tradições e para a história da nossa cidade.

Os alunos da turma 602 da Escola Municipal Edith de Assis Costa, acompanhados pelos professores Alexsander Mário da Cunha, Barbara Luise Lins Ribeiro e Eliane Rodrigues da Silva, escreveram um lindo poema sobre o Conjunto Paisagístico do Morro São Francisco.

 

Conjunto Paisagístico do Morro São Francisco

O bairro onde moramos
É importante para a história
Que vamos contar
Pois dentro do conjunto paisagístico
O Rosário está
O Conjunto Paisagístico
Do morro São Franscisco
Tem histórias antigas para contar
Mas o seu “tombamento” veio de uns anos para cá
No bairro Rosário
Está o Forno de Cal
Que por muitos anos serviu
Junto à construção civil
Sabe a igreja de São Francisco?
Cal do nosso forno usou
Antes de se tornar igreja
Uma capela se transformou
No Conjunto Paisagístico
Restos de um calçadão se observou
Que ligava Sabará
A Salvador
Este calçadão até nome tem
Se chama Caminho dos Currais do Sertão
Usado para trânsito das tropas
Entre Santa Luzia
E a vila de Nossa Senhora da Conceição
O tombamento é muito importante
Para a história do nosso município
Seus caminhos e rotas
Fazem parte do Brasil e suas histórias